Cachaça Capitão Bar

MalanaSem categoria

Cachaça Capitão Bar

Onde é produzida? Faria Lemos – MG. Localizada em uma pequena cidade chamada Faria Lemos, na Zona da Mata, no estado de Minas Gerais, conhecido como o mais tradicional na produção de cachaça artesanal do Brasil.

Produzida em pequenos lotes; Destilado de alta qualidade; Uso de fermentos naturais (fermentação natural e lenta que leva cerca de 24 horas).

Destilada lentamente em alambiques de cobre (o cobre atua com catalisador para produção de ésteres e componentes oleosos que melhoram a qualidade sensorial do produto. O aço inox não tem essa propriedade).

Destom – Destilaria

A mais tecnológica destilaria de cachaça artesanal do país com capacidade de produção de 350 mil litros por ano, aliando a antiga receita de produção de cachaça com avançados processos de destilação, obtendo um destilado de altíssima qualidade.

Sustentabilidade

Um modelo de sustentabilidade onde o bagaço da cana é utilizado para produção de ração para alimentação de gado, esta ração é fornecida durante o período de seca. Os resíduos da destilação (vinhoto) é utilizado como fertilizante junto com a irrigação do canavial. As frações da destilação que não são utilizadas na produção da cachaça são usadas para produção de álcool combustível para os carros da fazenda.

Processo de Produção – Canavial – cuidados do plantio à colheita

São próprios e com irrigação em sua totalidade através de um sistema por gravidade. A colheita é feita manualmente para separação das melhores partes da cana de açúcar.

Processo de Produção da Cachaça Capitão Bar

Moagem: a cana de açúcar é prensada nas moendas para obtenção do caldo de cana fresco.

Ajuste do Nível de Açúcar: após a moagem o caldo passa por uma peneira giratória decantador para remoção dos pequenos fragmentos decana de açúcar (bagacilhos). O caldo de cana se apresenta com nível de açúcar de 19% a 23%, para melhor fermentação é adicionada água potável para atingir 15% de BRIX.

Fermentação

Após o ajuste do nível de açúcar o caldo de cana vai para os tanques de fermentação, ficando lá por 24 horas. As leveduras iniciam o processo de fermentação que converte o açúcar em álcool e outros componentes. Ao fim das 24 horas, todo o açúcar é convertido em um vinho e está pronto para destilação.

Para o controle ideal da fermentação da Cachaça Capitão Bar é utilizado um sistema de controle de temperatura automatizado de água fria e também climatização da sala.

Destilação

O vinho segue para os alambiques de cobre para iniciar o processo de destilação. A primeira fração da destilação é conhecida como “cabeça” e não é utilizada para produção da cachaça.

A segunda fração é a “coração” que é a parte mais importante para produção da Cachaça Capitão Bar; a terceira é a “cauda” que também não é utilizado na produção de cachaça.

A “cabeça” e “cauda” são armazenadas para uma nova destilação em uma coluna para produção de álcool combustível para os veículos da fazenda.

As frações não desejadas são removidas (Cabeça e Cauda). Nestas frações há componentes nocivos que são responsáveis pela ressaca.

Envelhecimento: Toneis de carvalho e toneis de amburana

Resultado

A cachaça Capitão Bar de caráter única, marcante, com muita de personalidade. Ao produzir a cachaça levamos em consideração e respeito às mais altas tradições mineiras na produção de cachaça de qualidade, aliado a processos mais modernos de produção de bebidas.

A cachaça Capitão Bar é leve e suave ao paladar, com um toque amadeirado sutil e aroma leve de baunilha pelo contato com o carvalho.

Ela é fantástica quando apreciada pura na companhia de amigos e perfeita na combinação de frutas e licores nos mais variados coquetéis.

Garrafa: 700 ml

Graduação Alcoólica: 40%

Envelhecimento: 01 ano

Qualidade em aroma

Não adicionamos açúcares, dulçor natural devido aos gliceróis.

 

Comentários

comentários